Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

Da violência escolar à educação como cultura: a experiência do movimento hip-hop.

D.O.I.: 10.13115/2236-1499.2012v1n6p78

Adjair Alves 1 - UPE

Andréa Libério Alves - UFPE 2

O desafio hoje é construir caminhos novos para a mudança de mentalidade da molecada na favela, sobretudo, quanto a papel da escola. 3

Resumo:

Uma pesquisa, no campo das ciências sociais, compreende um problema social e político, não fosse, a investigação científica, um modo específico de inserção e participação dos investigadores sociais na sociedade. Questões sociais são problemas que emergem da realidade material e social, para cuja solução é forçoso pensá-la de forma distinta. No presente trabalho, a reflexão busca analisar as construções sociais da juventude periférica, no interior do Movimento Hip-hop, tendo as representações juvenis sobre a educação como objeto constituinte da análise. Partimos da hipótese de que a educação nesse contexto é compreendida, em seus conflitos e cumplicidades, a partir da resposta que consegue dar as necessidades desses jovens, quanto ao reconhecimento sociocultural e, inserção social e econômica.

Palavras-chave: educação, cultura, reconhecimento, hip-hop, diversidade.

Abstract:

A research, in the field of social sciences, would be a social and political problem, if it were not for, the scientific investigation, a specific mode of insertion and participation of the social investigators in the society. Social issues are problems that emerge from the social and material reality, to whose solution it is forcible to think distinctively about them. In the present work, the reflection seeks to analyze the social constructions of the peripheral youth, in the interior of the Hip-hop Movement, taking the juvenile representations about education as constituent object of the analysis. We start from the hypothesis that the education in this context is understood, in its conflicts and complicities, from the answer it can give to the necessities of these young people, concerning sociocultural recognition and, social and economic insertion.

Keywords: education, culture, recognition, hip-hop, diversity

1 Doutor em Antropologia, professor Adjunto da Universidade de Pernambuco.

2 Pedagoga, Mestranda em Educação – UFPE/CAA.

  • 3 Black-out (Clodoaldo) da Consciência Nordestina – banda de rap do Morro Bom Jesus em Caruaru.

  •  

    Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

    Capa/Sumário Diálogos N.° 6

    Home Page da Revista

    Normas de Submissão de Artigos