Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

  

A construção da memória no romance
El entenado de Juan José Saer

d.o.i.10.13115/2236-1499.2010v1n3p105

 

Ms. Deolinda de Jesus Freire
Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
deofreire@uol.
com.br

 

Resumo: A memória é um tema essencial e caro a dois campos de produção textual: a história e a literatura. No campo da literatura, é um recurso de tessitura da narrativa. A memória nunca significa apenas conteúdo de discussão, é também mecanismo de elaboração textual, base de constituição de representações comprometidas em maior ou menor grau com o verossímil (PINTO, 1998: 22). Apesar de ser gerada por uma percepção individualizada, a memória busca contornos coletivos, pois a literatura é uma das possibilidades de assentamento de uma memória coletiva, ainda que a forma de narrar seja individual.

 

Palavras-chave: memória, Entenado, Juan José Saer, romance.

 

Abstract: Memory is an essential and subject dear to two fields of textual production: history and literature. In the field of literature, is a feature of the narrative contexture. The memory never means only discussion content, is also textual elaboration mechanism, based constitution of representations compromised to a greater or lesser degree with believable (PINTO, 1998: 22). Despite being generated by an individualized perception, memory search collective contours, since the literature is one of the possibilities of settlement of a collective memory, while the form of narrating is individual.

          Keywords: memory, Entenado, Juan José Saer, romance.

 

 

Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

Capa/Sumário Diálogos N.° 3

Home Page da Revista

Normas de Submissão de Artigos