Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499 - Uma Publicação do CESCAM - Centro de Estudos de Semiótica, Comunicação, Antropologia e Meio-Ambiente da América Meridional


Leia, clicando no ícone ou no título, o Artigo da Revista Diálogos N.° 2 -2.° Sem. 2007:

A Poesia Intersignos: Culminação de um Processo, Clemente Padin -d.o.i:10.13115/2236-1499.2007v1n2p28

Resumo: A obra poética de Philadelpho Menezes constitui uma importante contribuição ao desenvolvimento da poesia experimental, não só latino- americana, mas também mundial. Ela completa e culmina a construção originada com o advento da Poesia Concreta brasileira (1956), selando-a com a Poesia Intersignos que vem sendo criada desde os anos 80. É a cereja que coroa a torta. A poesia concreta constituiria a base, o poema semiótico, o segundo piso, o Poema/Processo o seguinte e, finalmente, a Poesia Intersignos. No meu conceito o caminho é o seguinte: o concretismo literário de tendência matemático-espacial de Wladimir Dias-Pino, desde seus poemas A Ave (1954) e Sólida (1956) até os poemas "espaciais" (1962) que originaram o poema semiótico, o Poema/Processo (1967), lançado no Río de Janeiro e, por último, a Poesia Intersignos de Philadelpho Menezes (1980).

Palavras-chave: Philadelpho Menezes, Poesia Concreta, Poesia Intersignos.

Abstract: A poetic work of Philadelpho Menezes is an important contribution to the development of experimental poetry, not only Latin American but also the world. It culminates complete and the construction originated with the advent of Brazilian Concrete Poetry (1956), sealing it with Intersign Poetry that has been created since the 80s is the icing that crowns the cake. Concrete poetry would be the basis, the semiotic poem, the second floor, the Poem / Process the next and finally the Intersign Poetry. In my concept, the path is as follows: the literary concreteness of mathematical and spatial trend of Wladimir Dias-Pino, from his poems The Ave (1954) and Strong (1956) to the poems "space" (1962) that led to the semiotic poem , Poem / Process (1967), launched in Rio de Janeiro and finally, Poetry Intersign of Philadelpho Menezes (1980).

Keywords: Philadelpho Menezes, Concrete Poetry, Poetry Intersign.

 

 

Autor: Clemente Padin. Nasceu em 8 de outubro de 1939 em Lascano, Rocha, R. O. do Uruguai. Poeta, artista e artista gráfico, performer, videomaker, artista multimídia e de internet. Licenciado em Letras Hispánicas na Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, Universidad de la República, no Uruguai. Director das revistas Los Huevos del Plata (1965-1969), OVUM 10 e OVUM (1969-1975), Participación (1984-1986) e Correo del Sur (2000). Autor de 18 livros publicados na França, Alemanha, Holanda, Itália, Espanha, Rusia, Venezuela, Estados Unidos e Uruguai. Tem publicado textos em dezenas de revistas e publicações em todo o mundo. Suas notas e artigos têm sido traduzidos para o inglês, português, francês, italiano, húngaro, holandês, alemão e russo e tem participado de inúmeros eventos na Internet desde 1992. Participa ativamente de eventos relacionados à performance, à arte e à poesia.

 

 

 

 

Capa/Sumário Diálogos N.° 2

 

 

Home Page da Revista

 

 

Normas de Submissão de Artigos